sábado, 15 de novembro de 2008

Dois

Para sempre e sempre
Quero ler o enigma de teus doces olhos
Para sempre e sempre
Quero ouvir tua linda voz sussurando que ama
Para sempre e sempre
Quero sentir o perfume de teu maravilhoso corpo
Para sempre e sempre
Quero ter seus lábios colados no meus
Em desesperados beijos
Tão apaixonados
Para sempre e sempre
Quero ver teu meigo sorriso brilhar,
em meu coração
Para sempre e sempre
Quero sentir o poder de tuas mãos acarriciando o carente corpo
Para sempre e sempre
Quero sentir o carinho de teus fortes abraços, tão suaves
Para sempre e sempre
Quero ti ter em meu colo quando estiver chorando
Para sempre e sempre
Quero que leia meus estúpidos poemas
(Jamais escritos)
Tão estúpidos, mas tão apaixonados
Inspirados em você
Esses poemas que descrevem a insensatez de um amor proibido
Somos dois covardes
Pois sabemos que nos amamos
Mas não lutamos
Somos tão covardes
Dois incapazes de demonstrarem o amor que sentem
De que temos medo?
Do tempo, da distância, do pensamento alheio,
ou do quão incrível pode ser o nosso amor
Sim, eu te amo
Por mais que eu tenha medo
Eu te amo mais que tudo
É amor, hoje eu tenho certeza que é amor
Talvez só hoje
Talvez só agora, ou sempre
Para sempre e sempre
Terei essa certeza dentro de mim
Para sempre e sempre
Quero estar com você
Vivendo nossos momentos inesquecíveis
Para sempre e sempre
Quero ter suas carícias
Curando o insaciável desejo de meu corpo, tão mais carente
Carente de ti
Insaciável desejo de ti ter...
Insaciável desejo de ti amar...
Para sempre e sempre
Quero amar teus defeitos, tão perfeitos
E odiar tuas virtudes patéticas.
Para sempre e sempre
Quero que tenha medo de amar
Assim como eu tenho
Para sempre e sempre
Simplismente...
Quero te amar.

14 comentários:

Simplesmente *Ana* disse...

Para sempre e sempre espero que sejas poético assim...
eu já lhe disse que este poema é muito bonito!
gostei de
" Quero que leia meus estúpidos poemas
( Jamais escritos)"
e o título " Sem Nome " ficou engraçado rrsss acho que vc deveria usar como titulo o que vc escreveu no marcador:

" Ao meu amor que não existe "
ficaria legal!!!!

bjus

brilho das estrelas no coração

Aninha!!!

O Velho disse...

Parabéns pelo poema, Jhow!

E muito grato por acompanhar O Lótus!

Abração!

;-)

A Rosa disse...

lembra da primeira vez q vc leu esse poema pra mim,q me emocionou...
pois é ,esse poema é algo tão sublime q só quem ama de verdade compreende a grandiosidade dele
parabéns
te amo

Morbyd Angel disse...

Hy pessoa!!!
Seu blog está estupendo...sem comentários!!!
Parabéns por toda essa inspiração que vc tem...
Beijos gélidos...

Serena Flor disse...

Adorei seus poemas meu querido. Vim apenas para agradecer a agradável visita e dou de cara com este belo poema "Sem Nome". Parabéns e voltarei mais vezes.
Um abraço!

Betty Branco Martins disse...

.querido_________Jhow




_____segui um caminho




que me trouxe até_____aqui




muitos parabéns por este "espaço"






_______com a




palavra_______sempre





se traduz______amor:)







lindo!






voltarei se não te importares:)







beijO____C____carinho
boa-semana

O Velho disse...

Oi, Jônathas!

Tudo bem, sim!
Obrigado pelos elogios! O nome dos personagens talvez tenha significado, sim. Eles me vieram como inspiração, enquanto estava escrevendo. Boa parte das metáforas que coloco são propositais. No entanto, uma boa parte delas, nem eu percebo na hora! Só depois que releio! Mas sei que não vieram por acaso...

Grande abraço, Jhow!

;-)

Serena Flor disse...

Obrigada por seguir meu blog meu querido!
E acho que o nome do poema poderia ser "Simplesmente te amar"
Acho que ficaria legal!
Um beijão!

Codinome Nane disse...

Olá eu estou bem e vc ?

Muito Obrigada pela visita e realmente nós seres humanos não conseguimos viver sozinhos, e apesar de muitas vezes não conseguirmos lidar com um sentimento que conhecemos desde que nascemos, ele se torna necessario em nosso dia a dia .

Adorei seu blog e esse poema então magnifico!!!

Bjos

Serena Flor disse...

Passando pra te deixar um beijo e te desejar um fim de semana muito especial pra você meu querido! Bjs.

Serena Flor disse...

Ôpa...agora o poema já tem nome...ficou ótimo assim!
Uma ótima semana pra você meu querido! Bjs.

Simplesmente *Ana* disse...

"Dois" como diz nossa amiga Gi, ficou super "Badalado" rsrs

Gostei, mas eu até achei que " Sem Nome " ficaria interessante !!!
rsrs dúvidas e dúvidas!!!

bjusss meu cravo

amo vc!

O Velho disse...

Muita coisa!


Valeu Jhow!

;-)

Anônimo disse...

Obrigado por intiresnuyu iformatsiyu